800 915 488

(Chamada Gratuita)

Conta
Carrinho / 0,00 
0
0
Subtotal: 0,00 
Não existe produtos no carrinho.
Procurar

Perceção Sonora: qual é o alcance da audição humana?

alcance audicao humana

Alguma vez já se questionou sobre qual é o alcance real da audição humana? Aquilo que nós podemos realmente ouvir?

A capacidade auditiva é uma habilidade fascinante que vai sofrendo alterações ao longo da vida.

Neste artigo, vamos explorar alguns factos interessantes sobre a audição e perceção sonora, que nos ajudam a compreender a complexidade deste sentido vital.

O que os humanos conseguem ouvir?

Os nossos ouvidos possuem uma notável capacidade de captar uma ampla gama de sons, desde os mais suaves sussurros até explosões estrondosas. No entanto, o campo auditivo humano é limitado a uma faixa específica de frequências e intensidades.

A faixa de frequência “normal” da audição de um jovem saudável varia entre 20 Hz (sons mais graves) e 20.000 Hz (sons mais agudos), sendo diretamente influenciada pela idade e até pelo género. Sons abaixo de 20 Hz são conhecidos como infrassons, enquanto sons acima de 20 Hz são chamados de ultrassons.

A audição é algo muito individual

Não há duas pessoas que ouçam exatamente o mesmo. A capacidade auditiva difere de indivíduo para indivíduo. Além disso, à medida que envelhecemos, ocorre uma perda gradual da capacidade auditiva – que se torna mais notória nas frequências mais altas, afetando, por isso, a maneira de como percebemos os sons agudos.
Casal jovem partilhando auriculares
homem e mulher a ver e partilhar auriculares

Qual é a diferença entre hertz e decibéis?

Hertz é a unidade de medida para a frequência de um som, indicando quantas vibrações ocorrem por segundo. Decibéis, por outro lado, medem a intensidade ou amplitude do som, refletindo o quanto o ar é comprimido e rarefeito pela onda sonora. Em resumo, os decibéis avaliam a intensidade sonora, enquanto os hertz caracterizam a sua frequência.

infografico quao alto é som, som de chuva, som de conversa normal, trator, fogos de artificio, ambulancia

Sons do dia a dia na escala de decibéis

Agora vamos fazer uma viagem pelo quotidiano…

O objetivo é explorar diferentes sons que nos rodeiam e descobrir como estes se encaixam na escala de decibéis:

  • Respiração normal: 10 dB
  • Sussurro suave: 30 dB
  • Escritório silencioso/Biblioteca: 40 dB
  • Conversa normal: 50 dB
  • Máquina de lavar roupa: 50-70 dB
  • Trânsito intenso: 85 dB
  • Concerto de rock: 110-120 dB
  • Sirene de ambulância: 120 dB
  • Fogos de artifício: 140 dB

Uma dica importante: ficar exposto, durante algum tempo, a sons com mais de 85 dB pode afetar a sua audição. Por isso mesmo, recomendamos a utilização de protetores auriculares em locais especialmente barulhentos, tais como em festivais de música ou em certos ambientes de trabalho (como na construção civil e em algumas indústrias).

sons altos de chuva, sons de conversa, som de transito intenso, infografico
Cão pulando ouvindo sons do dia, boa audicao

Comparando a audição humana à audição de alguns animais

Apesar da audição humana ser impressionante, não é a que possui o maior alcance no reino animal. Já parou para pensar que não conseguimos ouvir o som do apito dos cães, por exemplo? Estes animais conseguem detetá-lo porque têm um alcance auditivo bem superior ao dos humanos. Mas não são só os cães. Existem muitas outras espécies com um alcance auditivo muito superior ao nosso. Conheça agora alguns exemplos:
  • Elefantes: 16 a 12.000 Hz
  • Cães: 50 a 46.000 Hz
  • Rato: 1.000 a 100.000 Hz
  • Morcego: 3.000 a 120.000 Hz
Embora muitas espécies ouçam sons que nós não conseguimos, sabe-se que os humanos são melhores a separar sons e distinguir sons semelhantes do que a maioria dos animais, tal como aponta o portal Frontier. É incrível como conseguimos entender o que é dito, mesmo quando os sons são modificados por computador com remoção das diferenças das frequências.

Alcance da audição em pessoas com dificuldades auditivas

O sentido da audição desempenha um papel fundamental na forma de como nos conectamos com o mundo ao nosso redor, influenciando as nossas interações sociais e capacidade de comunicação. Quando se vive com dificuldades auditivas, a maneira de como percebemos os sons muda. Normalmente, quem vive esta situação, experimenta um esforço acrescido na perceção e acompanhamento das conversas. 

Se sente que já começa a ter algumas dificuldades em ouvir certos sons, o que aconselhamos é que marque uma avaliação de aparelhos auditivos – para ajudar a perceber a perceber se o mesmo tem ou não impacto na audição.

Proteger a audição é fundamental

Proteger a nossa audição é de extrema importância para desfrutarmos plenamente de todos os sons ao nosso redor. Para tal, é vital a adoção de certas práticas preventivas. Tal como referido, a utilização de proteções auriculares em ambientes ruidosos é uma medida essencial para preservar a sua audição, reduzindo a exposição a níveis elevados de ruído. Além disso, manter uma higiene adequada dos ouvidos é fundamental para prevenir situações que possam comprometer a capacidade auditiva. Neste artigo conheça algumas das melhores formas de como cuidar da audição.

Conclusão

Ao entender a amplitude da audição humana e os sons que somos capazes de perceber, podemos cuidar melhor dos nossos ouvidos e apreciar os incríveis sons que o mundo nos oferece.

Portanto, proteja a sua audição e desfrute em pleno dos maravilhosos sons do ambiente à sua volta. E se você perceber mudanças na sua audição, não hesite em marcar uma avaliação com um especialista em aparelhos auditivos.
A sua audição é um tesouro valioso, cuide dela!

Fontes:

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK10924/

https://phys.libretexts.org/

https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/7569981/

Imagens meramente ilustrativas.