4 stars
orange star
orange star
orange star
orange star
black star
orange star
800 915 488

(Chamada Gratuita)

Conta
Carrinho / 0,00 
0
0
Subtotal: 0,00 
Não existe produtos no carrinho.
800 915 488

(Chamada Gratuita)

Conta

0
0
Subtotal: 0,00 
Não existe produtos no carrinho.

Carrinho

Pesquisa

0
0
Subtotal: 0,00 
Não existe produtos no carrinho.

Carrinho

Pesquisa

ícone telefone

800 915 488

(Chamada Gratuita)

Guia para ouvir
em ambientes ruidosos

2401.06 - guia para ouvir em ambientes ruidosos-desktop

Ouvir em ambientes ruidosos é, por si só, uma tarefa complicada para qualquer pessoa, mas para quem tem dificuldades auditivas pode tornar-se mesmo num dos maiores desafios. Barulhos de máquinas, locais movimentados, música alta, sons de trânsito, entre outros, podem ser verdadeiros entraves a uma audição eficaz e, consequentemente, a uma comunicação clara.

Este artigo pretende abordar algumas dicas e estratégias valiosas para minimizar o efeito do ruído, melhorar o entendimento, manter o foco no interlocutor e clareza do discurso nas diferentes situações em que ouvir bem é essencial.

Dispositivos que podem auxiliar a audição

  • Auscultadores com cancelamento de ruído: possuem cancelamento de ruído ativo, ou seja, captam o ruído ambiente e geram ondas sonoras inversas para cancelar esse mesmo ruído.

  • Protetores auriculares: projetados para atenuar o som, especialmente utilizados em contexto industrial, onde os trabalhadores estão mais expostos a ruídos elevados.

  • Aparelhos auditivos: umas das soluções mais utilizadas por pessoas com dificuldades auditivas. Muitos dos modelos atuais possuem tecnologias de cancelamento de ruído e direcionamento de som, que ajudam o utilizador a focar-se na fonte sonora e a ouvir com mais clareza, mesmo em ambientes ruidosos.

Dicas gerais

  • Reduza a exposição a ruídos: limitar o tempo passado em ambientes com muito barulho é uma dica valiosa, mas que nem sempre é possível. Nestas situações, o nosso conselho é que utilize algum dispositivo que proteja a audição, de forma a minimizar os efeitos do ruído.

  • Fale abertamente com as pessoas próximas: contar com o apoio de familiares e amigos pode fazer toda a diferença. Se estes souberem que não consegue ouvir bem e das dificuldades que tem em determinadas situações e ambientes, podem ajudá-lo por exemplo, falando mais devagar e mais alto, evitando falar ao mesmo tempo ou por cima de algum som, desligando aparelhos que podem interferir na comunicação.

  • Esteja atento a possíveis dificuldades auditivas: ouvir bem é essencial para manter o bem-estar físico e mental e uma vida com qualidade. A exposição prolongada a ruídos pode ter consequências negativas e graduais, que muitas vezes são percebidas tarde de mais. Neste sentido, pode ser vantajoso solicitar ajuda especializada.

Práticas de escuta ativa

  • Concentre-se na origem do som.

  • Evite distrações, posicionando-se estrategicamente em relação à sua fonte sonora e mais longe possível de locais especialmente barulhentos é fundamental.

  • Visualize a pessoa que está a falar, a leitura labial e expressões faciais podem ser uma grande ajuda.

  • Se não entendeu o que foi dito, peça que repitam para garantir a clareza da comunicação.

  • Repita também o que lhe foi dito, para ter a certeza que compreendeu.

Estratégias para ambientes ruidosos específicos

  • Restaurantes e cafés: Estes são normalmente locais com movimento, barulhos de fundo de pessoas a conversar, das máquinas de café, de portas a abrir e a fechar… Para conseguir ouvir com mais clareza num restaurante ou café pode, por exemplo, fazer uma reserva antecipada e pedir uma mesa num local mais tranquilo do estabelecimento. Se não for possível, opte por sentar-se longe das áreas mais movimentadas como a cozinha ou a entrada. Evite as horas mais movimentas, optando por períodos do dia com menos afluência e, consequentemente, menos barulhos.

  • Eventos ou concertos: Para ambientes em que o som é bastante amplificado, como concertos de música ou jogos de futebol, pode ser vantajoso levar protetores auditivos para atenuar a potência do som. Pode também posicionar-se em locais estratégicos onde o som seja mais nítido e claro, por exemplo perto da cabine de som.

  • Reuniões e conferências: Muitas salas de reunião são locais fechados, que isolam os ruídos exteriores e por isso facilitam o entendimento do discurso. No caso das conferências que, normalmente são realizadas em salas maiores e mais amplas, o recurso a microfones e altifalantes de qualidade pode ser uma ajuda para quem está sentado longe dos interlocutores.

    A maioria dos utilizadores de aparelhos auditivos pode, nestas situações, configurar as definições dos seus dispositivos de acordo com as suas necessidades auditivas individuais e usufruir de uma experiência sonora mais clara e personalizada.

aparelho auditivo por detrás da orelha 2

Conclusão

Ouvir em ambientes ruidosos pode parecer difícil, mas não é impossível. Minimizar os efeitos do ruído na comunicação é desafiador, mas com algumas estratégias ou até com recurso a dispositivos pensados para o efeito, pode continuar a aproveitar ao máximo os momentos sociais de que gosta e comunicar com clareza, independentemente do ruído em redor.

Imagens meramente ilustrativas.
Soluções Auditivas_v1