4 stars
orange star
orange star
orange star
orange star
black star
orange star
800 915 488

(Chamada Gratuita)

Carrinho / 0,00 
0
0
Subtotal: 0,00 
Não existe produtos no carrinho.
800 915 488

(Chamada Gratuita)

Conta

0
0
Subtotal: 0,00 
Não existe produtos no carrinho.

Carrinho

Pesquisa

Chamada

0
0
Subtotal: 0,00 
Não existe produtos no carrinho.

Carrinho

Pesquisa

Qual o tamanho de aparelho auditivo ideal para mim?

O tamanho dos aparelhos auditivos é, provavelmente, um dos fatores que mais influencia a escolha dos futuros utilizadores, pois muitas pessoas têm ainda a ideia preconcebida de que um aparelho auditivo é um dispositivo grande e inestético.

Se está entre este grupo de pessoas, desengane-se! O desenvolvimento tecnológico trouxe bastantes melhorias para atender às preocupações e necessidades individuais dos utilizadores, sendo o tamanho uma delas. Atualmente, os aparelhos são esteticamente mais apelativos, com opções ajustadas a cada um.

Neste artigo vamos desmistificar esta ideia para que não adie mais a decisão de usar aparelhos auditivos.

Tipos e tamanhos de aparelhos auditivos

De uma forma simples, existem dois tipos de aparelhos auditivos: os internos que, tal como o nome indica, ficam inseridos dentro do canal auditivo e os externos que são colocados atrás da orelha.

Em termos de aspeto, os primeiros são mais pequenos e discretos. Em termos de desempenho, os segundos apresentam funcionalidades mais avançadas.

Para pessoas que têm destreza manual reduzida, os aparelhos auditivos externos podem ser mais fáceis de manusear e colocar. Os aparelhos internos por serem mais pequenos, podem apresentar um grau de dificuldade maior para utilizadores com esta característica.

Como escolher o tamanho certo?

Escolher o tamanho de aparelho adequado não tem de ser um caminho percorrido sozinho. Se tem dúvidas sobre o que é mais importante para si, pode sempre recorrer a ajuda especializada.

No entanto, deverá começar por entender as suas prioridades como utilizador para tomar a decisão mais acertada. Faça as seguintes questões a si próprio:

Não quero que ninguém repare que tenho aparelho, mesmo que isso implique usar um modelo com menos funcionalidades? Então talvez a parte estética seja muito importante para si.

O que procuro é alto desempenho e tecnologia para usufruir de todas as situações com a melhor audição possível? Então pode abrir o seu leque a aparelhos externos, sabendo que estes são também bastante discretos.

Fatores a considerar

Para lhe dar umas luzes e começar a definir prioridades, deixamos alguns pontos que poderão influenciar esta escolha:

Tamanho do canal auditivo: os aparelhos auditivos internos não são aconselhados para pessoas com canais auditivos estreitos, logo se for o seu caso, deverá ponderar a utilização de um aparelho atrás da orelha para que se sinta mais confortável.

Nível de dificuldades auditivas: se a sua dificuldade auditiva é leve a moderada um aparelho mais pequeno e interno poderá ajudá-lo. No entanto se tiver uma dificuldade mais severa, esta pode não ser a melhor opção pois estes aparelhos são menos potentes que os externos e por isso pode não ter os resultados que espera.

Estilo de vida e gosto pessoal: se é uma pessoa ativa ou mais sedentária, se quer conectar os seus aparelhos a outros dispositivos para usufruir de uma experiência auditiva mais otimizada, se valoriza a estética ou a potência…tudo isto são variáveis a considerar na sua decisão.

Conclusão

Existem várias opções disponíveis para agradar a diferentes pessoas. Desde os aparelhos quase invisíveis aos que ficam colocados atrás da orelha, mas ainda assim de tamanho reduzido e bastante discreto, há uma solução para todos.

No final de contas, o importante é que escolha um modelo com o qual se sinta confortável e beneficie ao máximo a sua audição nas diferentes situações do quotidiano. Não se esqueça que os seus ouvidos são únicos e por isso a sua experiência auditiva será única.

Se precisar de ajuda, não hesite em contactar-nos. A equipa da AudiçãoDirecta está ao seu lado, à distância de um clique ou de um telefonema.

Imagens meramente ilustrativas.